• Rúbia Gioli

#Despesas #de #viagem

#Por #ter #natureza #indenizatória, #diária #não #integra #salário, #diz #TRT-#18


Diárias pagas para cobrir despesas de viagens possuem natureza indenizatória, por isso não podem ser integradas ao salário, ainda que ultrapassem 50% da remuneração do trabalhador.

O entendimento foi aplicado pela 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (GO) ao manter sentença que negou pedido de integração de diárias ao salário de um motorista.

O autor alegou, em recurso ordinário, que haveria provas nos autos de ausência de pagamento suficiente de diárias, além de os valores superarem o salário em 50%. Por tais razões, ele entendia que essa parcela deveria integrar sua remuneração.

O juiz convocado Israel Adourian, ao relatar o recurso, observou que a convenção coletiva do trabalho da categoria prevê o direito ao recebimento das diárias. O magistrado destacou que há provas nos autos de que os motoristas, ao viajar, recebiam um valor para as viagens e, na volta, acertavam as despesas, inclusive com a manutenção dos veículos. “Como se vê, as diárias eram pagas, unicamente para cobrir as despesas das viagens realizadas pelos motoristas”, afirmou.

Com esses argumentos, o relator do processo confirmou o caráter indenizatório das diárias, afastando a possibilidade de integração da parcela à remuneração do motorista e mantendo a sentença. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-18.

0011805-76.2017.5.18.0082

Revista Consultor Jurídico, 3 de agosto de 2019, 9h51


Fonte: https://www.conjur.com.br/2019-ago-03/natureza-indenizatoria-diaria-nao-integra-salario-trt-18

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ministro Dias Toffoli suspende efeitos do Tema 709

Por conta da pandemia da Covid-19 e o momento de pico no país, foram suspensos os efeitos do Tema 709 aos profissionais da saúde que estão na linha de frente ao combate ao vírus. Assim, ao menos de fo